sábado, 31 de julho de 2010

Relâmpago branco


Cristophe Lemaitre fez a dobradinha. Dois dias depois de ter ganho os 100m, tornou-se campeão da Europa de 200m (20''37 vento-0,8m/s). O francês, a grande esperança branca da velocidade europeia, apesar da sua deficiente partida (187 milésimas) foi obrigado a realizar uma recuperação histórica até meter o peito na linha final. Lemaitre, 20 anos de idade, 1,89m de estatura e 74 Kg de peso, deu uma nova lição de potência para bater sobre a linha por uma só centésima o britânico Christian Malcolm.

Já na final de 100m depois de péssima saída (224 milésimas) terminou vencendo por sete centésimas a todo um quarteto creditado em 10.18. São portanto justificadas todas as expectativas em relação aos próximos confrontos.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Buona ventura!


Vi-o jogar nos juvenis do Pontinha, na posição de defesa central, na mesma equipa onde estava Ruben Amorim. Falei muitas vezes com o seu pai António Veloso e sabia da imensa tristeza que sentia por o Benfica ter rejeitado o seu filho. Mas 200 contos ( 1.000 €) pagos do seu bolso para seguir para o Sporting, fizeram a diferença. Agora seguiu para o Génova de Itália, que será apenas ponto de passagem para outros destinos. Que a sorte o acompanhe! Que continue a dar momentos de felicidade a seu pai e mãe. O tempo comprovou que aquela gente estava errada.

Lapidar 30

O tenista é um perdedor. Na semana em que não perde é campeão. (John McEnroe)

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Real Madrid em Los Angeles


Cristiano Ronaldo teve que refrescar-se depois do primeiro treino realizado em Los Angeles, onde o Real Madrid se encontra para efectuar dois jogos. Jogará em San Francisco, no dia 4 de Agosto com o América-MEX e no dia 7 enfrentará o LA Galaxy, em Los Angeles.

Comentadores da sportv a conversar antes do início do jogo

http://www.youtube.com/watch?v=gknnk44NPIg

A Sportv anunciou a abertura de procedimentos disciplinares na sequência de expressões infelizes proferidas por jornalistas antes do jogo de futebol Benfica-Sunderland, que não foram para o ar, mas estão colocadas na internet.
De assinalar, duas conclusões. A primeira é a confirmação da existência de jornalistas shreks desportivos, que sob uma capa de verniz escrevem ou falam, mas que afinal são criaturas que merecem reparo pela incompetência e falta de profissionalismo. A segunda são os critérios editoriais de a Bola e o Record online, tão prontos a denunciar comportamentos similares de outros clubes, e a guardar o silêncio e o video deste acontecimento.

Lapidar 29

Porque eles queriam dividir a minha equipa técnica? Muito fácil. Porque eles no meu lugar teriam feito isso. Teriam traído. (Maradona)

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Um gajo ordinário e sem nível


O jornalista do Record Alex Pais escreveu no blog Quinta do Careca do Record online um texto de uma linha a que chamou Tablóide norte-americano diz que Oprah já se prostituiu.

Qual é a necessidade de escrever assim?

terça-feira, 27 de julho de 2010

Receita de Bacalhau à Braz


O melhor Bacalhau à Braz do mundo é feito na Marinha de Guerra Portuguesa. Se perguntarem a qualquer antigo filho da Escola (marinheiro) que tal era o Bacalhau à Braz, ele esclarecerá. De notar que o prato é confeccionado para mais de 2.000 homens (caso de grandes Unidades) ou pelo menos para muitos homens (navios), e portanto não é qualquer um que está habilitado para fazer uma tarefa destas e muito menos ter mão para o fazer. Os segredos foram mantidos de geração para geração e foram preservados até aos actuais dias. Não liguem muito, portanto, a outras respeitáveis receitas, que vindas de grandes Chefs de cuisine, não têm nada a ver.

Receita para 4 pessoas : Escolha uma boa posta de bacalhau do alto, 3 cebolas médias, 3 dentes de alho e 4 batatas médias. Agora o primeiro segredo. Não demolhar o bacalhau. Já viu o que era demolhar bacalhau para 2.000 pessoas? Desfie pacientemente o bacalhau em cru, em filamentos finos, e depois de todos juntos passe-os por água fria abundante. Seque bem num pano. Numa frigideira alta aloure em azeite as cebolas depois de cortadas ao meio e em meias rodelas bem finas, conjuntamente com com os dentes de alho cortados muito finos ao alto. Baixe o lume e misture o bacalhau com as cebolas e os alhos, só mesmo para fazer a ligação. Tape com uma tampa de panela a frigideira. As batatas são fritas entretanto à parte, cortadas em palitos muito finas, de preferência a ficarem ligeiramente moles. Escorra-as. O segundo segredo é que não devem ser usadas as chamadas batatas-palha de maneira nenhuma, porque fazem uma ligação muito imperfeita com os ovos. Junte as batatas de forma moderada sem exagerar na quantidade ao preparado da frigideira e em lume brando faça a ligação de bacalhau, cebolas, alhos e batatas. Tape depois com a tampa da panela. Dez minutos antes de servir, lance 5 ovos batidos, quatro com claras e um sem clara, sobre o preparado da frigideira e mexa em lume brando de forma a que o ovo fique molhado. Uma nota, para dizer que na Marinha não se pode partir 2.000 ovos por diversas razões, usam portanto ovo em pó. Antes de concluir, lance um cálice de vinho da Madeira sobre o bacalhau, será o 3º segredo. Polvilhe com salsa picada e decore com azeitonas.

O que é que isto tem a ver com um blogue de desporto? Nada. Absolutamente nada. Mas que é um grande Bacalhau à Braz, lá isso é. E uma pitada de loucura de vez enquando, não faz mal a ninguém.
Nota : A foto é só para enfeitar.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Os burrocratas


UCI abre um processo disciplinar à Radio Shack, em causa está a utilização de um equipamento diferente - negro e com o número 28 estampado - em homenagem às pessoas que sofrem de cancro (28 milhões), na última etapa do Tour, que terminou domingo em Paris, ganha pelo espanhol Alberto Contador. (Record online)

Estão por toda a parte. Para assegurar o posto de trabalho, inventam problemas, abrem inquéritos, constitutem comissões e atribuem missões a gabinetes de advogados ou engenheiros. Se não inventassem, não tinham razão de existir e ficavam desempregados. Procuram a verdade, como os filósofos há mais de dois mil anos, interrogam pessoas, fazem teses e mestrados, misturam juízes e advogados, aceitam recursos e apelos, e depois quando o processo já tem mais de 48 volumes com 2000 páginas cada, perdidos, arquivam. Nada se provou. E de inquérito em inquérito vão vivendo. Sempre em busca de novo caso, de jantar em jantar, sempre suados de muito trabalhar, investigar e distribuir as culpas. Devem ser combatidos sem medo.

O ténis espectáculo


O ténis feminino mundial tem neste momento, uma forte tendência para sair dos convencionais padrões ingleses e para divergir para novos estilos inovadores. Nota-se perfeitamente, que Maria Sharapova, Jelena Jankovic, Ana Ivanovic, Venus Williams ou Samantha Stosur por exemplo introduzem constantemente novos visuais, que vão desde o equipamento mais ousado aos comportamentos mais exuberantes. Não há que fugir à realidade. Os patrocinadores querem que os seus produtos sejam bem exibidos, querem vender, e não é com comportamentos e pessoas discretas que alcançam os seus objectivos.

Pessoalmente, estou de acordo. Jogadores muito bem comportadinhos enjoam. Gosto também que arrisquem durante o jogo em golpes ousados, mesmo que por vezes falhem. No ténis, quando consideramos que um ponto foi muito bem disputado, o mérito funciona sempre para os dois lados. Jogadores tipo Nadal ou Wozniacki jogam bem, mas é uma chatice ver sempre o mais do mesmo. Assim, gosto da americana Bethanie Mattek-Sands de 25 anos e Nº 98 mundial. Gosto da sua coragem, inovação e excentricidade, porque dispõe bem, porque coloca um pouco de pimenta nos assuntos sérios, às vezes um pouco louca é certo, mas principalmente porque não tem medo de perder.

domingo, 25 de julho de 2010

Diogo Salomão, um diamante em bruto


Diogo Salomão, de 21 anos, avançado, novo diamante para lapidar. De facto, o Sporting tem um novo jogador que vai dar muito que falar. Melhor que escrever é ver. Proveniente do Real Massamá, descoberto para a selecção nacional por Oceano Cruz, está a revelar-se um grande talento, joga ao estilo de Ryan Giggs e deve ser guardado num cofre-forte. O empresário Jorge Mendes já o tem na sua carteira de jogadores e normalmente não se engana. A magia vai voltar ao clube de Alvalade.

sábado, 24 de julho de 2010

Dinheiro não falta

Depois de gastar 8,5 M€ com Roberto, o Benfica prepara-se para gastar mais 5 M€ com o cão-guia para guarda-redes. (tempo-de-secura.blogspot.com)

O grande cozinheiro


A sociedade compõe-se de duas classes : os que têm mais jantares que apetite e os que têm mais apetite que jantares. (Nicolas Chamfort)

O ténis juvenil português tem evoluído de um modo extraordinário. Mas nada acontece por acaso. Trata-se do resultado de um esforço incrível dos pais e dos jovens atletas, apoiado nos treinadores e nos clubes. Ponto final. Escrevo no momento em que Frederico Silva e Vasco Mensurado acabam de ser consagrados campeões europeus de pares no escalão sub-16 e que Francisco Franco Dias e Maria João Koehler no escalão de sub-18 estão nas meias finais do campeonato da Europa. Não esquecendo os que ficaram pelo caminho, que fizeram tanbém um campeonado que os honra.

O triunfo averbado por Portugal nos escalões jovens mostra o bom trabalho federativo que está a ser feito, declarou, entre outras frases disparatadas, o presidente da Federação Portuguesa de Ténis José Maria Calheiros. É cómico porque todos que andamos no ténis, de uma forma ou de outra, sabemos que a origem destes sucessos nunca poderia ser atribuído a uma direcção da Federação que tem alguns meses de mandato cumprido. Por vezes, a incapacidade dá origem à autoridade exercida sobre a forma caricatural. Para os que não andam no ténis, este tipo de declarações não aquece nem arrefece. Rapidíssimo. A palavra que relaciona o tempo de mandato e a produção de resultados positivos.
Nota : Aproveito a oportunidade para acrescentar que ao contrário do que noticia o site da FPT, Portugal não foi campeão europeu de pares sub-16. Trata-se do Campeonato da Europa individual e não por países. Lá está a falta do tal rigor.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Lapidar 28

Vocês sabem quantos jogos de futebol foram transmitidos hoje pelas televisões? Dezasseis. Axficiante. (Moniz Pereira, TVI24)

Seleccionadores de ouvido


A Bola online colocou hoje uma notícia muito interessante, que refere que o Benfica dispensou o avançado juvenil Pedro Rosário de 16 anos e que já levava 10 de futebol. Não contamos contigo, disseram. Mas, a seguir depois da má teve uma boa surpresa. A Lazio chamou-o a Roma na passada semana e ofereceu-lhe um contrato de profissional por três anos. A equipa juvenil tinha ido a Roma jogar um torneio juvenil e a capacidade do Pedro não passou despercebida aos olheiros.

No ténis passa-se uma coisa semelhante. Os jovens que são seleccionados para representar Portugal nos escalões mais jovens, sub-12, sub-14, sub-16 e sub-18 dependem de critérios muito aleatórios, com grande amplitude. Ou seja, nem sempre os melhores estão nas listas. Existem factos concretos que serão objecto de um post especial, como sempre sem referir nomes para não prejudicar ninguém. Mas os factos tem mais gravidade. Porque, por um lado peca-se pelo exagero, selecciona-se jovens, cortando-se temporariamente o facto mais importante que é o lançamento desse jovem numa carreira profissional. Mesmo considerando que a representação de Portugal é o mais importante, porque outros ou outras da mesma idade e de ranking superior não são seleccionados? Por outro lado, peca-se por defeito, ou seja ficam os melhores e vão os menos aptos. Não se trata desde já de critérios de seleccionador, nem da interpretação dos mesmos, trata-se de mais coisas. Suspeitas? Claro que sim.

No primeiro caso, trata-se de um problema de um clube que há muitos anos não leva um jogador criado nas suas escolas à equipa principal, tirando um caso ou outro para mascarar. Trata-se de na secretária riscar nomes porque me parece que. No segundo caso é diferente, por isso farei um post especial. Mas nos dois casos há uma palavra comum, incompetência. Directamente relacionada com o Princípio de Peter.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

As estatísticas

http://www.pordata.pt/azap_runtime/#

Dentro pouco tempo acabarão as discussões sobre estatísticas no desporto. Vejam este link e compreenderão o quero dizer. Impressionante. Um dos valores mais atingidos no nosso país é a confiança. Na política, no desporto e em todos os sectores vivemos sem confiança. Principalmente na exemplaridade de comportamentos. E sem ética. Principalmente no jornalismo desportivo. Eu acho que num jornalismo sem ética alguma intervenção deve ser feita. Iremos entrar no mundo das novas tecnologias, para acabar com a batota, jogada, televisionada e escrita.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Ticha Penicheiro


No dia seguinte ao assinalar uma marca histórica na maior Liga de basquetebol do mundo, Ticha Penicheiro tem zero referências na comunicação social. (José Miguel Morgado)

Ticha Penicheiro had a career-best 13 assists, one on Noelle Quinn's tiebreaking basket with 30 seconds left in overtime, to lead Los Angeles Sparks to an 86-83 victory over the Tulsa Schock on Tuesday. With the score tied at 81, Penicheiro rebounded her own missed shot and fed Quinn for a layup. Penicheiro then made two free throws with 13 seconds remaining to extend to extend the lead to 85-81. ''We shouldn´t have even been in that position to begin with'' Penicheiro said of over time. "I think we let them get back in the game. We threw the ball away and they capitalized on some easy baskets.'' (Associated Press Los Angeles).

Patrícia Nunes Penicheiro, a alma portuguesa, alguns de nós não esquecemos o pedaço de céu onde mora uma estrêla tão cintilante.

terça-feira, 20 de julho de 2010

Códigos de honra


Alberto Contador ataca na dianteira! (Km 74,7 da meta e avanço de 7'34''), clama Marco Chagas na RTP2. Alberto Contador não! É o Lance Amstrong! - corrige o jornalista comentador. Ooops! Digo eu.

Esteve mais de 1h a explicar que o Alberto Contador fez o que tinha a fazer e distraiu-se quando o Lance atacou. Para que os telespectadores tenham algumas noções de ..., continuava Marco Chagas entusiasmado consigo próprio. Nada, não percebemos nada disto, mas vou aprendendo com as noções que o antigo grande ciclista e sportinguista vai debitando. Só que não o acho grande comentador (não confundir com grande contador), acho mesmo que devia moderar mais os seus ímpetos e opiniões. Diz que respeita as opiniões de todos, mas logo a seguir acrescenta que opiniões diferentes significa alguma azia.

Coppi, Anquetil, Poulidor, Bahamontes, Charly Gaul, Agostinho, Ocaña e Merckx entre tantos que não se pode citar agora, tinham códigos de honra. Na vida, no desporto e até na guerra existem códigos de honra, mas só algumas pessoas os têm. De uma forma geral, aqueles que não precisam de expedientes para ganhar, sentem que tem capacidades para algumas vezes esperar, porque de facto são melhores. Por isso, embora nem sempre de acordo com eles, respeitamos os homens e mulheres que têm códigos de honra, ou de conduta, como quiserem.

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Pessoas sem ideias próprias


Os acontecimentos de hoje na Volta a França estão envoltos em polémica. Marco Chagas quando comentava em directo, na RTP2 afirmou que Contador fez o que tinha que fazer e que o problema de Schleck fazia parte da corrida. O jornal a Marca refere que Andy Schleck cometeu um erro e Alberto Contador aproveitou. Jean François-Benard, antigo ciclista francês, terceiro no Tour de 1987, e actualmente no jornal L'Équipe escreve que os incidentes mecânicos fazem parte da corrida e que não há polémica, nem vale a pena ampliar.

Por outro lado nas conversas a que assisti, muitos não gostam de Contador porque é espanhol. Não lhes interessa saber, se tem qualidades atléticas ou técnicas. Só que é espanhol e eu não gosto de espanhóis. Esperam o que Lance Amstrong vai comentar no final para afinarem pelo mesmo diapasão. Portanto, não têm ideias próprias. Pensam o mesmo que o rebanho. Como na política. Pessoas vazias, de interesse muito reduzido.

Então, em vez de estar a armar ao moralista, vamos à opinião. Se eu fosse o Schleck, gostava que me fizessem aquilo? Não gostava. Se fosse o Contador, faria o que ele fez? Não fazia. Não há nada como nos colocarmos na pele das pessoas e pensar. Devia ser sempre assim. Mas essa coisa da solidariedade é uma chatice. Sempre à espera que lhe desliguem o cérebro.
Nota : Contador mente quando diz que não se deu conta e não sabia de nada.

Lapidar 27

Roberto chamou-me a atenção pelas óptimas qualidades tanto dentro como fora dos postes. (Rui Costa)

As segundas impressões


Guimarães e Benfica protagonizaram um jogo sem interesse, excepto os guarda-redes caricatos, mais o do Guimarães do que o do Benfica. Acho que o Jesus disse que se ia dedicar agora à defesa em termos de treino. Parece evidente que a situação é completamente diferente do ano passado. Tiraram a passadeira e agora têm mesmo que jogar. Embora haja sempre um penalty por marcar ou qualquer falta por assinalar, estas desculpas já não convencem ninguém. Mas como a imprensa gostou, acredito que vá tudo sobre o previsto. Ficou a dúvida se foi treino ou jogo.

O Sporting defrontou a equipa francesa do Lyon, sem dúvida a mais cotada dos adversários dos três grandes. Correu bem. Dá para ver que o colectivo está acima de tudo e isso é o melhor que pode acontecer. Tem um novo e jovem diamante para lapidar, mas nisso são especialistas os de Alvalade. Só isso já é uma coisa excitante de seguir.

O Porto segue o passo. O Ajax é uma boa equipa para este tipo de testes. O jovem jogador já factura, mas não exageremos porque foi só empurrar. Mas algo me diz que tudo dependerá muito do começo, não acho os fios tão ligados como de costume. Além disso faltam 3 ou 4 peças fundamentais, que neste caso há que ver se estão com vontade de continuar a jogar ou a mudar de ares.

domingo, 18 de julho de 2010

Serena Williams


A Nº 1 mundial está lesionada porque sofreu um horrível golpe com um vidro no pé direito. Vai ser operada e vai faltar aos torneios de Istambul, Montreal e Cincinnati, numa desesperada corrida para poder estar presente no US Open. Serena Williams é uma atleta extraordinária e vai ultrapassar todas as dificuldades para corresponder às expectativas de todos os seus admiradores.

As primeiras impressões

Estes jogos no princípio de temporada se o nosso clube ganha, tudo foi do melhor, mas se o nosso clube perde, não era um jogo era treino. Mas como o ano passado foi igual pode-se comparar. E dos 3 grandes dá claramente para ver que o Benfica está muitos furos abaixo em exibições e resultados da anterior temporada. Enquanto no Porto nota-se que a equipa está a ser construída da defesa para o ataque, vagarosamente, e que o ataque não funciona, no Sporting as coisas melhoraram no espírito de ambição e na combatividade, o que já não é pouco. Entrada de juventude e os resultados aparecem.
Estava com muita curiosidade para observar o Benfica. Nada de entradas de rompante, defesa está uma lástima, não têm confiança no portero e jogam arrogantes à campeão. A falar, isso sim, iguais. Que vão ganhar tudo, Champions incluída, e projectam já os triunfos a dez anos. Portanto, vamos ter campeonato mais equilibrado, em condições normais. Em condições anormais, já sabemos.

sábado, 17 de julho de 2010

Lapidar 26

Hoje em dia há tantos cientistas no futebol, que já penso que não percebo nada disto. (José Mourinho)

Activos tóxicos


Segundo uns economistas os activos tóxicos são instrumentos de investimento das Subprimes, que se tornaram ilíquidos. Segundo outros, os activos tóxicos não são outra coisa do que investimentos falidos que se supõe terem sido comprados com garantias reais, que asseguravam parcial ou totalmente os citados activos. Na economia mundial, os activos tóxicos significaram o colapso do sistema que os detinha, justamente como um vírus introduzido nesse sistema e que o contaminou, deixando ao seu redor um panorama de desolação e caos. É o resultado da má gestão dos homens e foi a morte de várias empresas financeiras.

No futebol passa-se o mesmo. Os clubes como os bancos têm activos tóxicos. Todos os bancos que tinham números excessivos de activos tóxicos faliram. Alguns com apoios do Estado aguentaram. No futebol não haverá apoios do Estado para clubes de futebol sobreviverem. Vejamos o exemplo do Benfica, por ser o caso mais grave de contaminação.

O Benfica tem 44 activos tóxicos e são aqueles que consegui identificar porque provavelmente haverá mais. O rol de jogadores é o seguinte : David Simão (P. Ferreira), Abel Pereira, André Carvalhas, Evandro Brandão, João Pereira, José Coelho, Leo Pimenta, Mário Rui, Miguel Rosa, Rafel Costa, Yartei (todos do Fátima), André Soares (Servette), Éder Luís (Vasco da Gama), Felipe Bastos (Vasco da Gama), , Freddy Adu (Aris de Salónica), Lassana Camará (Servette), Marcel (Santos), Miguel Vitor (Leicester), Patric (Avaí), Urretaviscaya (Deportivo Coruña), Alipio Brandão, Nelson Oliveira, Rodrick (todos do Rio Ave), Ruben Lima (V. Setúbal), Halliche (Nacional), Leandro (V. Guimarães), Marc Zoro (V. Setúbal), Romeu Ribeiro (Trofense), Adriano Silva (Atlético), Helio Vaz (Tondela), Ivan Santos (Atlético), Ivanair Rodrigues (Mafra), Javier Balboa (FC Cartagena), Makukula (Kaysnispor), Saffer (Barfield), Yebda (Portsmouth), Adul, André Silva, Danilo Pereira, Diogo Figueiras, Douglas Pires, Fagner Soares (juniores a emprestar), Bynia (Neuchatel Xamax) e Elkesson (V. Bahia).

Os colossos gloriosos são assim. Tudo em grande. Esperemos então mais uns tempos para ver o que acontece. Se a mão invisível de Adam Smith se aplica agora, para um castigo exemplar.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Em off

Apeteceu-me hibernar. Li o relatório da pobreza em Portugal e estou triste. A notícia de que o Estado vai cortar os apoios às refeições ATL a partir de 1 de setembro deixou-me de rastos. Em causa está a alimentação de milhares de crianças. Nunca pensei que se chegasse a este ponto. O país não sabe para onde vai.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Classe pura


Interlúdio. Tenho uma grande admiração pela Maria Sharapova. Confesso que fraquejei. Senti-me desorientado. Desculpem.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Vitória histórica de Sérgio Paulinho


Depois do Joaquim Agostinho (por 4 vezes), Paulo Ferreira (1) e Acácio da Silva (3), Sérgio Paulinho, medalha de prata em Atenas 2004, mais de 20 anos depois, ganha a 10ª etapa da Volta a França, deixando o pelotão a mais de 14 minutos de distância. Um feito extraodinário no maior acontecimento desportivo mundial do ano.

Fiel escudeiro do americano Lance Amstrong, aos 30 anos, Sérgio Paulinho nascido em Oeiras, teve finalmente liberdade para nos oferecer a mais bela vitória da sua carreira e a fazer de novo história para o ciclismo português.

Adeus


Um estudo da consultora AT Kearney refere que as ligas de Itália, Espanha e Inglaterra estão à beira da bancarrota e são insustentáveis, especialmente devido aos elevados investimentos realizados pelas equipas na compra de jogadores. De acordo com a consultora, se as ligas italiana, inglesa e espanhola fossem empresas em menos de dois anos estariam falidas, admitindo mesmo que não é disparatado pensar que alguns clubes podem desaparecer a médio prazo. A liga espanhola é a que apresenta maior balanço (257 milhões de euros negativos), seguida da alemã (118 milhões) e da inglesa (91 milhões). Com esta situação económica - prossegue o documento - nenhum investidor economicamente racional se interessará pelo negócio do futebol.

Basta somente comparar os valores acima descritos com os valores de passivo dos 3 principais clubes de Portugal. Pensar que a FPF vai pagar 701.000 euros de prémio ao treinador Queiroz pelo trabalho excelente que realizou. O nosso país não sabe para onde vai. Os clubes de futebol não sabem para onde vão. Terrível. Estamos numa crise profunda, não temos dimensão, mas dizem que sou pessimista. Vão lá dizer aos que vão caindo como folhas secas e aos que vão cair, que devemos ser optimistas.

Viciação de resultados


O Ministério Público alemão anunciou hoje que a investigação sobre suspeitas de viciação de resultados de jogos de futebol, envolve já mais de 250 pessoas em vários países e 270 partidas. Esta operação levou os responsáveis da UEFA a dizer que se poderia estar perante o maior escândalo de manipulação de jogos na Europa. Toda a informação relevante está a ser tratada e partilhada com as autoridades dos restantes países envolvidos, nomeadamente Bélgica, Eslovénia, Hungria, Bósnia, Áustria e Inglaterra. Os investigadores admitem que a lista dos países envolvidos pode aumentar, bem como o número de pessoas envolvidas em outros países europeus.

Ora aqui está uma notícia importante. Que os países de origem não podem abafar porque o caudal de informações é internacional e não circunscrito a um país. O combate da batota e do uso de artifícios ilegais para cozinhar resultados, devia ser severamente punido. Mas nós por cá tudo bem. Embora como já referi anteriormente, quase sempre aquilo que parece, é.

terça-feira, 13 de julho de 2010

As leis morais

http://www.destak.pt/artigo/69781
Quem pode, pode. Quem pode, manda. Os responsáveis do Benfica terão impedido o capitão Nuno Gomes de acompanhar os primeiros momentos de vida do filho Nuno, que nasceu a 4 de Julho último, noticia o site do Correio da Manhã, Vidas.

A Bola e o Record


Na guerra das audiências a bolaonline bate o record online. Na classificação de pageviews auditadas pelo Netscope da Marktest, entidade independente de análise de tráfego web, no mês de Junho, o primeiro lugar do campeonato pertence a bolaonline com 126.623.912 pageviews, em segundo lugar (o primeiro dos últimos) o recordonline com 81.244.249 e em terceiro lugar o maisfutebolonline com 49.275.825. A marcaonline (Espanha) atingiu neste mesmo mês o valor impressionante de quase 1 bilião de pageviews. Somos uns anões, de facto,

De facto, o veredicto popular é uma sentença. A bolaonline é melhor, bem melhor por milhões de diferença. Melhor aspecto gráfico, melhor qualidade e maior cuidado em lidar com as notícias. Num jogo sem árbitros. Apesar de estar completamente de acordo com Jean Cocteau, quando refere que as leis morais são as regras de um jogo no qual todos fazem batota, e isto desde que o mundo é mundo.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Lapidar 25


O problema de Roberto é fechar os olhos. (António Varela, Semanada, Record)

Então gastam 8,5 milhões de euros com um guarda-redes que defende de olhos fechados? Ou será que há mais gente de olhos fechados? Fora o resto. Porque não dá resto zero. Lol.

Regresso a casa


Está a ser um delírio. O avião Airbus 340 chegou ao aeroporto de Barajas, Madrid, há poucos minutos, num clima muito festivo. Os campeões do mundo serão recebidos esta tarde pelo Rei Juan Carlos no Palácio Real. Entretanto, depois de uma paragem nas críticas sobre a crise económica e os escãndalos de corrupção, o governo aprovou uma lei que reduz a autonomia na Catalunha. Mas isso agora não interessa nada.

Weeb, um árbitro com sorte


Pode imaginar-se o tamanho dos insultos dos espanhóis ao inglês Howard Webb, se Iniesta não tivesse aparecido onde apareceu e concretizado como concretizou. O árbitro teve a sorte que a vitória ficou no lado correcto, de modo que o seu trabalho, decididamente mau e conceptualmente prejudicial para a Espanha, foi esquecido, ofuscado pelo triunfo do novo campeão do mundo. Sobretudo esta patada criminosa de De Jong contra Xavi Alonso aos 28 minutos que deveria ter sido sancionada com vermelho directo.


Mas houve muitos erros grosseiros para ambos os lados. O maior de todos ocorreu no período de tempo suplementar. Sneijer disparou um tiro de livre e foi desviado pela barreira espanhola. Era canto, mas Weeb mandou seguir com pontapé de baliza. Uns segundos depois, Iniesta resolvia o duelo e tirava os holofotes de cima do árbitro, que recebeu do veredicto popular, uma assobiadela brutal, quando foi receber o seu prémio na cerimónia final.

O futebol, a realeza e o povo


É uma foto muito rara porque muito dificilmente voltará a contecer. A rainha da Espanha e os príncipes foram ao balneário conviver e celebrar com os jogadores a conquista do título mundial. Estes acontecimentos fazem calar uma certa imprensa desportiva que despreza as regras morais.

domingo, 11 de julho de 2010

Lapidar 24

A veces los sueños se cumplen. ( Iker Casillas, portero y capitán de la selección española )

Diego Forlán eleito melhor jogador do mundial


Diego Forlán foi eleito o melhor jogador do Mundial 2010, conquistando a Bola de Ouro. Num post do dia 9 previ e acertei no nome de Forlán. Aos 31 anos, o jogador uruguaio conquista um galardão de grande importância. Justo. Mas a idade em Forlán é só um número.

E viva a Espanha!


Durante uns dias vai ser festejos, união, sonhos e felicidade. A Espanha está em delírio e agora todos comemoram e fazem a festa. Mas quando tudo acalmar, vamos fazer contas. Mais de dois milhões de desempregados, uma crise social sem precedentes e um país dividido em autonomias que não funcionam. Mas isso agora não interessa nada.
Nota : Hoje, dia 12, estou a ver em directo a chegada da selecção espanhola a Madrid. O locutor comenta : Numa altura em que o governo espanhol aprova uma lei que reduz a autonomia na Catalunha. A minha bola de cristal, às vezes quase falha. Mas desta vez, também não falhou.

Espanha é campeã europeia e mundial


A Espanha é campeã mundial. Justo. Jogo de monarquias. Com uma arbitragem deplorável que prejudicou ambas as selecções e o público, a Holanda soube durante muito tempo contrariar a fonte de jogo da Espanha. Aprisionou o meio campo espanhol num losango que colocou à frente da linha de defesa de quatro jogadores. Falhou por duas vezes isolada frente a Casillas. Mas no conjunto as maiores oportunidades foram da Espanha.
Antes do encontro começar, como a foto indica, um espanhol tentou levar a taça. Mas foi preciso jogar 2 horas, para se conhecer o vencedor. A Espanha é a nova campeã do mundo. Tem agora dois títulos para defender.

Portugal Campeão Europeu de Sevens


A selecção nacional masculina de Sevens sagou-se hoje Campeã Europeia de Sevens ao derrotar na final a fortíssima selecção da França por 12-5, em Moscovo. A selecção nacional foi constituída por Vasco Uva, Diogo Mateus, Sebastião Cunha, Pedro Leal, Joe Gardener, António Aguilar, Frederico Oliveira, e jogaram ainda, João Mirra e Gonçalo Foro. Os resultados da selecção nacional masculina até chegar à final são os seguintes : Portugal vs Geórgia [33-12], Portugal vs Itália [26-21], Portugal vs Moldova [33-10], Portugal vs Rússia [12-17], Portugal vs Polónia [34-7], Portugal vs Espanha [17-12] e Portugal vs França [12-5] (final).

Davis Cup - Portugal 5 x 0 Chipre


A foto ilustra pela assistência que os portugueses gostam de ver ténis. Muito triste. Fala-se muito, opina-se muito. Havia poucas pessoas no Centralito do Jamor, quando começaram os jogos de Frederico Gil e Rui Machado. Quando chegou a hora de almoço, cerca das 13H os grupos de miúdos que enfeitavam o court, saíram. Ficou o fotógrafo, os jogadores, o árbitro, apanha bolas e mais uns tantos (quase todos de convite).

sexta-feira, 9 de julho de 2010

O melhor jogador do Mundial


E os nomeados são : Diego Forlán (Uruguai), Asamoah Gyan (Gana), Andrés Iniesta (Espanha), Lionel Messi (Argentina), Mesut Ozil (Alemanha), Arjen Robben (Holanda), Bastian Schweinsterger (Alemanha), Wesley Sneijder (Holanda), David Villa (Espanha) e Xavi (Espanha).

A minha opinião é que os dois melhores são o Forlán e o Sneijder. O holandês tem mais uma oportunidade, na final, de se tornar o melhor jogador do mundo e ainda ser o único jogador que a ser campeão mundial, juntaria o triplete ao título máximo. Mas, gostava que ganhasse o Forlán, porque além de ser um jogador excepcional, tem um carácter de fazer arrepiar, uma coragem que arrebata. Espero que não atribuam o troféu a um deles a título de consolação.

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Top 10 dos que eu gosto mais


Tenho que frisar que o meu Top 10 são aqueles de que gosto mais, que aprecio mais, tem a ver com uma questão de gosto pessoal. Não entrarei em considerações técnicas, porque não é esse o objectivo.

Federer - A perfeição. Nunca esquecerei o que os miúdos portugueses que estiveram em Doha me disseram dele. Foram bater umas bolas com ele e com Murray. Só podiam cada um por si jogar um ponto. Murray despachava os miúdos logo à primeira troca de bola. Federer jogou com cada um, trocou diversas bolas e depois quando achava suficiente, fechava. Um senhor.

Del Potro - Demasiado novo, mas com grandes potencialidades e completo em todas as vertentes. Utiliza na perfeição a sua elevada estatura e serve de um 4º andar.

Nalbandian - Um gladiador. Corre a todos os pontos. Mesmo lesionado joga e não desiste. Está na fase final da carreira, mas quando luta pela sua Argentina, transcende-se.

Nadal - Treino e concentração. Pensa e joga ponto a ponto. Nunca se dá por batido e não tem medo de ninguém. Humilde, o suficiente. É uma pena as lesões que tem e que pode gerir, mas não reverter.

Roddick - Admiro a capacidade que tem para evoluir, para arriscar e aceitar os desafios que os adversários lhe colocam. Quando sai do court, deu sempre tudo que tinha para dar.

Ferrero -Capacidade de treino, organização, profissionalismo, ajuda e apoia os mais jovens, exemplo da escola espanhola de que não abdica.

Gasquet - Pratica um ténis lindo, virtuoso, e arrisca tanto que cede muitos pontos por querer sempre inovar, variar, transformar. Imprevisível. Capaz do extraordinário e da decepção.

Malisse - Muito impressionante a sua postura em campo. De uma inteligência invulgar. Rapidez de raciocínio quando há que decidir rápido. Nota-se mais quando joga em relva. Está a passar ao lado de uma grande carreira.

Chela - Resistência incrível. Aguenta maratonas e duelos sem fim, no fundo do court. Uma e outra vez, responde às bolas, é um passador de grande classe. Ninguém gosta de jogar contra ele.

M. Russell - Personifica a pessoa normal que joga ténis e treina para ser profissional. Não tem nada de especial, apenas isso, ou seja normalidade.

O sorriso de uma criança


O sorriso de uma criança vale tudo o que lhe possamos dar. Gostava muito que a Leonor fosse tenista, mas ela quer ser pintora. Portanto, neste momento nada posso fazer. Já a levei ao ténis a Carcavelos e à Beloura, mas ela prefere desenhar. Comprei-lhe jogos da Wii e ela joga ténis com a consola e ganha. Vou dando pequenos passos para a convencer. A Leonor é a minha filha.

Tour de France


Os organizadores da Volta a França acabam de anunciar que brevemente será possível através de um dispositivo técnico via satélite, poder ter os números precisos da quantidade de pessoas que assistem ao maior acontecimento desportivo mundial, nas bermas das estradas. Já se sabia, que, de longe, o Tour é o maior acontecimento desportivo mundial ao vivo. Vamos saber são números exactos dos milhões. Esta tecnologia poderá permitir que se diminuam riscos, aumentar a segurança, prever o deslocamento de multidões e fazer os controlos por antecipação.

Ordenados anuais dos treinadores do Mundial


A notícia chegou-me por mail com um título irónico mas muito apropriado, considerando as grandes dificuldades sociais que o país atravessa - Ah, grandes homens e grandes feitos!

Fabio Capello (ING) 8,800,000€ ; Marcelo Bielsa (CHI) 575,000€ ; Marcelo Lippi (ITA) 3,000,000€ ; Raymond Domenech (FRA) 560,000€ ; Joachim Low (GER) 2,500,00€ ; Vahdi Halilhodzic (CIV) 505,000€ ; Beter Van Marwijk (NED) 1,800,000€ ; Hung Jung Moo (KOR) 405,000€ ; Ottmar Hitzfeld (SUI) 1,750,000€ ; Morten Olsen (DEN) 390,000€ ; Vicente Del Bosque (ESP) 1,500,000€ ; Milovan Rajevac (GHA) 365,000€ ; Carlos Queiroz (POR) 1,350,000€ ; Radomir Antic (SRB) 305,000€ ; Pim Verbeek (AUS) 1,200,000 ; Bob Bradley (USA) 275,000€ ; Carlos Parreira (RSA) 1,200,000€ ; Majtaz Kek (SLO) ; 245,000€ ; Javier Aguirre (MEX) 1,200,000€ ; Gerardo Martino (PAR) 245,000€ ; Carlos Dunga (BRA) 800,000€ ; Rabah Saadane (ALG) 245,000€ ; Diego Maradona (ARG) 800,000€ ; Reinaldo Rueda (HON) 240,000€ ; Takeshi Okada (JPN) 800,000€ ; Vlademir Weiss (SVK) 215,000€ ; Ricki Herbert (NZL) 800,000€ ; Oscar Tabarez (URU) 205,000€ ; Otto Rehhagel (GRE) 750,000€ ; Kim Jon Hun ( PRK) 170,000€ ; Paul Le Guen (CMR) 650,000€ e Shaibu Amodu (NGR) 125,000€.

Grandes homens e grandes feitos. LOL.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Lado B - Uma coisa em forma de assim

O que leva o jornalista do Record, Bernardo Ribeiro, a escrever hoje uma crónica às 18.14H e outra às 19.29 H, com praticamente o mesmo assunto? Se vos disser que o citado jornalista é um sportinguista dos 4 costados, o que acham? O artigo das 18 intitulava-se Para onde vai o Sporting? e o das 19 tem por título A maldição da braçadeira. Após esta introdução acho que deviam ler os artigos, crónicas ou posts como quiserem. Bernardo Ribeiro é bom rapaz, sabemos que já nos bancos da escola manifestava grande sportinguismo. Nunca teve jeito para a bola porque pertence aos centenários. No peso, claro. Absolutamente redondo. Pertence ao grupo chamado dos 2% que se opôs a JEB nas eleições. Que está a fazer um esforço gigantesco para ampliar a margem de apoio, mesmo que à custa de ferir o próprio clube de que são adeptos. Os interesses pessoais acima de tudo.
Os idiotas, de modo geral, não fazem um mal por aí além, mas, se detêm o poder e chegam a ser felizes em demasia podem tornar-se perigosos. É que um idiota, ainda por cima feliz, ainda por cima com poder, é quase sempre, um perigo. Oremos. Oremos para que o idiota só muito raramente se sinta feliz. Também, coitado, há-de ter, volta e meia, que sentir-se qualquer coisa. (Alexandre O'Neill, uma coisa em forma de assim)

Serena Williams vs Kim Clijsters


Amanhã, quinta-feira, Serena Williams e Kim Clijsters vão exibir-se perante mais de 35.000 espectadores num encontro considerado O Melhor do Mundo, com o objectivo de bater o record mundial de público para um encontro de ténis. Mas como nenhuma delas vai querer perder, vai ser de arrasar. Os preparativos no estádio Rei Balduíno em Bruxelas continuam a toda a velocidade, porque incluem um show de música e fogo de artifício, além do próprio jogo em si. Uma verdadeira loucura. Nestes momentos, tenho uma inveja (no bom sentido) enorme por não poder assistir. Com um réstea de sorte pode ser que consiga ver na televisão.

Vida nova, capitão novo


Daniel Carriço parece ser o novo capitão do Sporting. Foi ele que estendeu a mão a Nuno André Coelho à chegada e que apresentou o argentino Torsiglieri na festa do 104º aniversário. Será ele que dará as boas-vindas ao médio ofensivo chileno Jaime Valdés, o novo jogador. O papel activo do jovem, mostra bem a sua capacidade para o cargo, aliado a um espírito de liderança que lhe é reconhecido desde tenra idade, ainda quando militava nas camadas jovens do Sporting.

Um outro Mundial


Melissa Theurian é uma jornalista francesa de desporto do canal de televisão M6 que se encontra a cobrir o Mundial 2010 da África do Sul. Escolhia-a entre outras muito belas jornalistas para fazer este post. Sinceramente, só me resta gritar : Fora com os shereks! Fora com os jornalistas que não sabem lidar com as críticas e são pessoas arrogantes.

terça-feira, 6 de julho de 2010

Depende


O valor de 25M€ da venda dos direitos (passe) do jogador Di Maria ao Real Madrid é uma verba que se pode considerar muito boa? Depende. Do prazo de pagamento. Se for a 5 anos, o valor da venda é muito fraco. Se for a 2 anos é melhor. Entrar em euforias por informação insuficiente é perigoso. Principalmente quando o passivo é grande.

Pode considerar-se o Barcelona um dos clubes mais ricos do mundo? Depende. O presidente do Barcelona, Sandro Rosell, aceita que há dificuldades mas rejeita a situação de falência. Rosell anunciou que o clube teve de recorrer a um empréstimo para poder pagar salários aos jogadores, pedindo um crédito bancário de 150 milhões de euros, que ainda não foi concedido. E as outras despesas? Depende.

O jogador Lionel Messi vale 150 milhões de euros? Depende. Vale aquilo que o mercado está disposto a pagar. Esta é fácil, mas vem na sequência da anterior. Foi só para o pessoal júnior.

E o Sporting CP estará com muitas dificuldades financeiras? Depende. Hoje, num comunicado à CMVM, o Sporting acaba de anunciar um acordo com a PPTV (Publicidade de Portugal e Televisão,SA) para a renegociação das contrapartidas financeiras pelos direitos da TV no valor de 108 milhões de euros até 2017/2018, sendo 76,6M para o Sporting Comércio e Serviços, SA e 32,4M para a Sporting SAD. E este acordo é perigoso para a concorrência (Benfica, Porto, etc)? Depende. Se a essa massa toda se juntar massa cinzenta, pode.

E os 11 milhões mais o resto do passe (2,5M) do Postiga mais 50% do NAC pela venda do JM foi um bom negócio? Depende. Para 2% do SCP que votou contra JEB, não foi. E que parte do NAC é que foi comprada? Depende. Da cintura para baixo ou da cintura para cima.

A queda precoce


Michelle Larcher de Brito cedeu mais uma vez. Frente à espanhola Laura Pous-Tio cedeu por 6/2 e 6/1 no ITF Biarritz, onde tinha entrado por convite. Actualmente na posição Nº 177 do ranking mundial, com uma previsão de descida mais acentuada ainda nas próximas semanas, parece encontrar-se num beco sem saída. Aquela que era considerada como a maior talento portuguesa de sempre perde posições, apoios e patrocínios. Técnicamente o seu ténis regrediu e somente alguma agressividade existe. Na presente temporada em 25 jogos, acusa 17 derrotas e apenas 8 vitórias. No cômputo geral da carreira 51 vitórias e 50 derrotas.

No ténis as coisas mudam muito rapidamente. Mesmo num encontro tudo pode mudar de um momento para outro. Michelle tem 17 anos e ainda pode haver mudança. Não se vislumbra é certo, mas há que ter esperança. Vai começar uma nova etapa da sua carreira. Devido à descida acentuada no ranking terá que começar a disputar ITF's. Muitos dizem que devia ter começado por aí mesmo. Mas há muitas coisas quer cegam os jovens e que só se aprende com o caminhar. Como por exemplo, a humildade.

As novas musas do ténis


O leste europeu é uma fonte inesgotável de lindas, belas e maravilhosas tenistas. Depois das russas Maria Sharapova ,Vera Zvonareva, Maria Kirilenko, da eslovaca Daniela Hantuchova e da sérvia Ana Ivanovic, chegam ao circuito mundial as gémeas checas Kristyna e Karolina Pliskova, ambas de 18 anos. Kristyna conquistou o torneio de Juniores de Wimbledon e Karolina já tinha ganho meses antes o Australia Open Junior, em Janeiro.

No ténis feminino actual será difícil atingirem com alguma estabilidade a posição Nº 1 mundial (aconteceu raríssimas vezes e por períodos ocasionais e muito curtos), para não dizer impossível, mas num ranking que conjugasse a beleza e o encanto com a qualidade do ténis, seria uma luta terrível para a conquista do 1º lugar.

A parte mais previsível desta história será quando acaba o ténis, a fama e a beleza, e começa uma difícil convivência com a velhice. Mas isso agora não interessa nada.

Pequenos rumores ampliados


Bierhoff negou divergências e conflitos na selecção alemã, após as declarações de Philipp Lahm que manifestou o desejo de continuar a capitanear a equipa alemã, mesmo depois de Ballack regressar. Muito conveniente para muitos que alguns rumores de imprensa pudessem de certo modo pôr em causa o percurso vitorioso da Alemanha no Mundial. Este tipo de situações existem em todos os países, e a melhor maneira de colocar em movimento a máquina dos boatos e suspeições é utilizar os serviços de um qualquer jornalista que os passa para a opinião pública, sobre a forma de opinião. Depois, existem nos clubes ou nas selecções pessoas que sabem lidar com este tipo de ataques ou, como normalmente acontece em Portugal, não existem pessoas que saibam contrariar de forma eficaz este tipo de "opiniões".

José Mourinho, quando era treinador do Chelsea foi confrontado com este tipo de ataques e teve sempre a arte e o engenho de os contrariar. Logo de início, perante um ataque pessoal de um jornalista, recortou o artigo e colocou-o no placard do balneário antes de um jogo importante. A resposta foi fulminante da parte dos jogadores, grande jogo, grande recuperação e uma foto que ilustra o acontecimento, Mourinho à frente dos jogadores a sair do campo com todos sem camisola como autênticos guerreiros.

Quem segue os meus posts percebe aonde quero chegar. Aos que me mandam sms e mails, para incentivar (já tenho um pequeníssimo grupo de seguidores) já sabem aquilo que vos disse. Este blog serve para chamar os bois pelos nomes. Mais nada.

Messi


Deixou África do Sul como a tinha encontrado, sem um único golo. O argentino desiludiu completamente. Para uns um grande jogador, para outros não passa de um flop. Na Argentina, que recebeu Maradona com No te vayas, a imprensa em relação a Messi diz que o tempo para arranjar desculpas já passou. Sinto-me mal quero voltar a casa, disse Messi. O palpite de Eusébio não vai acontecer, porque Messi não vai ser considerado o melhor jogador do Mundial. Messi faz planos ousados para o Mundial, indicava a imprensa espanhola antes, mas no depois não se confirmou a ousadia.

Ronaldo transportou uma mochila demasiado pesada e não conseguiu carregar com a equipa às costas. Messi não precisava de transportar mochila, mas não conseguiu impressionar. Não sabemos se terá outra oportunidade. Muitas vezes os grandes momentos só passam à nossa porta uma vez. Tudo parece ficar restrito ao Barcelona, mas com a chegada de Mourinho o caminho para ele estreitou. Mas há sempre quem goste.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Lapidar 23

É fantástico ter alguém no comando que é seguro e tranquilo e que não deixe que a pressão afecte a equipa. Por isso conseguimos manter a calma mesmo tendo começado tão mal frente ao Brasil. Prefiro sempre ter ao meu lado um treinador como Van Marwijk do que dois idiotas como Dunga e Maradona. (Sneijer, à revista holandesa Helden)

Escroques


Vendem o capitão, o símbolo, a bandeira. Enfim, a alma. Tudo de uma vez e a baixo preço. (Luís Pedro Sousa, Record)


Depois dizem que respondo violentamente e ofendo. Um esgoto de ideias, fala do maior clube português que há dias fez 104 anos de idade, o Sporting Clube de Portugal, uma instituição que conquistou mais de 15.000 títulos em muitas e diversas modalidades e escalões. Em nome de quê é que se insulta milhões de pessoas? É à vez, primeiro Luís Avelãs, o director do Record online e depois um dos seus fedelhos, que precisa de conselhos.

Resumo da Conferência de Imprensa

Avaliamos os nossos jogadores como critérios de respeito pelo SCP, critérios de rendimento desportivo e critérios de carácter. O JM não contava com o Sporting e o Sporting não contava com JM. A sua principal prioridade foi partir, mas exige-se a um capitão muito mais, ou seja saber honrar a bandeira que representa. Tínhamos um pomar com uma maçã podre. Não havendo mais nenhuma proposta, apesar do grande leque de empresários a quem nos dirigimos, não houve nunca interesse por ninguém a comprar os direitos de JM. Enquanto homem, nos últimos tempos nunca nos deixou saudades. (frases seleccionadas da 1ª intervenção de JEB)
Não sou jornalista nem sou responsável pelas manchetes dos jornais. Se essas manchetes vendem é porque o SCP é importante. JM ao não ser chamado à selecção nacional, ficou numa posição muito difícil no mercado. Tomámos esta decisão para defender o grupo e não queremos atletas como o JM que não se importam de trocar o Sporting por qualquer clube e a qualquer preço. Não basta só formar grandes jogadores, também temos que formar homens, só jogadores não chega. (Costinha)
Um jogador no mercado vale aquilo que se dá por ele, não aquilo que se põe nas cláusulas de rescisão. O nosso erro em relação ao JM foi estarmos de boa fé e de JM não ter estado à altura dos compromissos. O futebol português nem se adaptou à realidade económica deste país, não fez cura de emagrecimento. No caso Izmailov estamos a falar de um processo exactamente ao contrário, ou seja, Izmailov está a caminhar no sentido inverso. O SCP espera mais reforços para breve, mas não especifico quais. As decisões tem que ser tomadas em função das circunstâncias, não sei das circunstâncias dos outros, se tivesse que decidir outra vez voltaria a fazer a mesma coisa. Há decisões difíceis de tomar, mas tomam-se, dá-se a cara e tomam-se. Quem conhece as realidades nunca as vê retratadas exactamente nos jornais, e não me importo que um jornal incite à revolta dos adeptos. Estamos a trabalhar com um grupo de homens seguros e determinados, e não para ficar só bem na fotografia. Quem usar a nova braçadeira de capitão defenderá a bandeira com orgulho porque foi isso que os mais velhos nos deixaram.(frases seleccionadas da 2ª intervenção de JEB)

Foi bom para quem?

Foi bom para o Sporting. Vendeu o que já não tinha.

domingo, 4 de julho de 2010

Campeão sem limites


Rafael Nadal proclamou-se campeão de Wimbledon ao derrotar na final o checo Tomas Berdych e confirma a sua posição de Nº 1 mundial. Só existem seis tenistas na história que conseguiram ganhar os quatro Grand Slam do circuito mundial : Roger Federer, Roy Emerson, Rod Laver, Andre Agassi, Fred Perry e Don Budge. Rafael Nadal que acumula um Australia Open, cinco Roland Garros e dois Wimbledon, só lhe falta conquistar o US Open.

João Moutinho - Última hora (21:52H)

Ninguém sabe nada. Todos dão muitas opiniões e valem pouco. Ao longo do dia percorri o mundo dos blogs dos adeptos do Sporting, todos os jornais, sites como o sportingapoio.com (que tem um chat com valores de utilizadores constantes entre 50-160), recorri a amigos pessoais, antigos dirigentes e jornalistas. Ainda bem. A informação para quem a precisa. Os tempos mudaram e não há nada para ninguém. Amanhã, logo de manhã se saberá. Duas sociedades cotadas na bolsa fazem um negócio e somente depois de concluído se saberá. Cartilha de Costinha.
Mas recolhi, os palpites de muitos e seleccionei os que me pareceram melhores. A informação central é que 70% do activo do Sporting João Moutinho foi vendido ao FCPorto por 10 milhões de euros, mais o passe do jogador Nuno André Coelho (NAC), mais o pagamento da dívida final do jogador Helder Postiga do valor de 2,5 milhões de euros.
Os outros palpites que seleccionei, foram os que se seguem por ordem arbitrária. 1º - Que o clube inglês Everton apareceu à última hora com uma proposta superior. 2º - Que o Sporting quer juntar à proposta acima referida, o jogador do FCPorto Orlando Sá. 3º - Não haverá, de momento nenhum negócio por ter sido abortado, para criar problemas a JEB segundo uns, e segundo outros que o a administração do FCPorto foi pressionada a não fazer o negócio por considerarem excessivos os valores em causa. 4º - João Moutinho seria venda de 100% e NAC de 50%.
Para todos os gostos, portanto. O que parece certo é que haverá uns que acham muito, outros que acham pouco e outros que não acham nada.
Nota : A Futebol Clube do Porto-Futebol SAD vem comunicar, nos termos e para os efeitos do art 248º nº1 do Código dos Valores Mobiliários, ter chegado a acordo com a Sporting SAD, para a cedência definitiva dos direitos de inscrição desportiva do jogador João Moutinho.
Esta aquisição foi realizada pelo montante de 11.000.000 € sendo que a Sporting SAD fica com o direito a receber 25% da mais valia que se venha a verificar numa futura cedência do jogador da FCPorto SAD para outro Clube, por um valor superior a 11.000.000 €.
Como contrapartida adicional, a FCPorto SAD cedeu a favor do Sporting SAD, a título definitivo, os direitos de inscrição desportiva do jogador Nuno André Coelho, mantendo na sua titularidade 50% dos respectivos direitos económicos.

sábado, 3 de julho de 2010

Quem está a brincar no Record?

Eu sei que bater no Sporting fica sempre bem. É uma regra tipo Paula Bobone. Mas Oh! Avelãs não seria melhor pores os estagiários, outra vez, a arranjar vídeos fantásticos no youtube e não começares com as tretas do costume? Não achas que ainda é cedo demais para começares com os ataques ao Sporting e te preocupares com o Benfica, o teu clube, que anda outra vez a ser enganado pelo FCPorto? Não achas que o teu clube é uma espécie de olheiro do FCPorto? E como os cornos são sempre os últimos a saber? Oh! Avelãs, se recomeças vais ter aqui posts todos os dias. O que vai ser giro. Estavas tão sossegado. Ou será que a crise a isso obriga? Arranja-se uma perna de frango, se precisares.
Nota : O FCPorto vai ficar com 70% do passe de João Moutinho, paga 10 milhões de euros e cede a Alvalade o defesa central de 24 anos Nuno André Coelho (TSF). Uns trocos. Coisa pouca para um tipo tão abastado como o LA. Mas quando foi do Deco, Maniche, Rodriguez, etc, o LA escreveu algum artigo similar? Um rapaz muito condicional este LA. O artigo tem 12 se's. Se isto se aquilo, vale a pena ler este artigo em português de Chelas.

Argentina, Maradona e Messi


Quando liguei à RTP1 o LFL dizia que vamos lá ver se o colectivo da Alemanha funciona, eles têm jogadores de origem austríaca, polaca, turca, tunisina e brasileira uma autêntica Babilónia. Respondia o comentador de serviço - hoje isso vai ficar esclarecido. Depois mais tarde quando a Alemanha já ganhava por 1-0 ajudava o comentador - Messi devia ter mais espaços, para cavar faltas, fazer qualquer coisa, sei lá. E o LFL dizia - os jogadores da Alemanha vão crescendo defensivamente. Acabado de palpitar isto, 2-0 para a Alemanha. Silêncio. Depois justificações tácticas muito complexas.

Foi um grande jogo de futebol. Sem Messi, claro, mas isso já sabíamos os que temos os olhos abertos. E também sem Di Maria, o tal do futsal. Mas isso também sabíamos. Ganhou desta vez a Alemanha. mas se por hipótese o jogo fosse repetido podia ganhar a Argentina. São todos grandes jogadores e grandes colectivos que funcionam melhor ou pior conforme as sortes do jogo.

De resto, palpites para todos os gostos, incluindo os meus. De qualquer modo nada impediu que revisse melhor as minhas opiniões sobre a figura que fez a selecção portuguesa. E se tivéssemos levado 4 secos da Espanha? Dá para pensar. Ou não?

Águas muito turvas


O jornal Expresso, em primeira página escreve como título - Jogadores queixam-se de Queiroz no avião de regresso. Depois, como segundo título pode ler-se - Pediram para não serem citados e criticaram a estratégia e as dificuldades de comunicação do selecionador nacional. Ainda um pequeno texto que remete para uma dupla página interior, no coração do jornal - A selecção deixou a África do Sul e sem glória e sem líder. Carlos Queiroz perdeu apoios entre os dirigentes e alguns jogadores não esconderam a desilusão com o treinador e a estratégia montada para o jogo com a Espanha. No avião de regresso a Lisboa, um dos selecionados admitiu que muitas vezes os jogadores não entendiam o que Queiroz queria dizer.

De manhã na SICN, Ricardo Costa ao analisar a edição do dia do Expresso referia que esta era uma visão de um jornalista menos comprometido e fora das zonas cinzentas desportivas. Penso como muitos, que há jornalistas que são como peixes dos pântanos, cegos portanto, e existem outros que são peixes de águas límpidas. Os segundos são comidos pelos primeiros, ou em última análise os segundos vão perdendo a visão gradualmente, até ficarem cegos.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Terapias


Muitas pessoas e amigos me perguntam quando verdadeiramente comecei a interessar-me pelo ténis, visto que nunca fui jogador e poucas vezes peguei numa raquete. Há anos, estava com uma depressão que me consumia lentamente e prejudicava a minha vida e, por consequência a da minha família. Naquele dia, saí de casa e apanhei o comboio da linha de Cascais com destino a Lisboa. Resolvi sair do combóio e andar por ali, e passado um tempo comecei a ouvir o ploc, ploc, ploc do bater de uma bola de ténis. Entrei. Era o Carcavelos Ténis Clube. Uma esplanada magnífica dominava vários courts de ténis. Sentei-me, pedi uma água fresca e estive até ao anoitecer a observar os jovens a treinarem. Eram muitos, e batiam bolas com enorme prazer, ao mesmo tempo que ouviam os conselhos dos treinadores e monitores.

No dia seguinte lá estava eu. E no outro dia também. E todos os dias o mesmo. Comecei a assistir a torneios de juvenis. Lentamente, um a um comecei a conhecê-los quase todos. Tornou-se um vício. Comecei a andar de torneio em torneio, a apontar resultados e a pouco e pouco, todos falavam comigo e passei quase a conselheiro de muitos. Acabou a depressão. Tenho a mesma sensação que tem os pescadores, que passam horas na pesca esquecendo tudo e todos e desligando-se dos problemas e das aflições do dia a dia. Emagreci, deixei de fumar. A família começou a queixar-se que passava muito tempo fora de casa, quando antes dizia que nunca saía de casa. Muita coisa mudou desde então. Mas que passar uma tarde no ténis, é uma das melhores coisas que conheço, disso, não tenho dúvidas.

Brasil versus Portugal (0-0)


O Brasil perdeu 2-1 com a Holanda, faz as malas e vai para casa. Pode ter havido um erro de casting. O Brasil poderia ter jogado com a Espanha e Portugal com o Chile. E as coisas poderiam ter sido diferentes. Quem sabe? O seleccionador Dunga confirma o abandono da selecção.

Acreditámos sempre, disse o holandês Sneijer. Podemos estar bem ou mal, mas devemos morrer em campo, disse Forlán. O futebol é uma coisa muito simples quando os jogadores se entregam ao jogo com alma. Selecção que não tenha alma, não tem futuro. Já se sabe que cada cabeça, sua sentença. Já se sabe que alguém tem que cometer erros, para outros serem mais perfeitos. Já se sabe tudo isso e muitas coisas mais. Mas porquê alguns que fracassaram pedem desculpa e saem e outros não? E agora, como no início na divulgação dos 23, este tipos têm futuro? Até acho que devem ter. Mas vão chatear outros.